Fale Conosco agora (41) 99721-0880

Ortodontia

Etapas do Tratamento

O Tratamento Ortodôntico pode ser dividido em 6 etapas, o que pode gerar ao paciente algo de difícil compreensão, porém essas etapas são essenciais para um tratamento bem feito e de qualidade.

Aqui, o paciente terá o primeiro contato com o ortodontista, onde irá realizar o exame clínico inicial, seguido do diagnóstico e por fim, a decisão pelo tratamento. Essa etapa é de grande importância para o sucesso do tratamento.

Nessa etapa, o ortodontista instala o aparelho após a decisão do paciente em iniciar o tratamento. Para fins explicativos, usamos como exemplo um tratamento convencional fixo, sem que haja uso de aparelhos removíveis ou procedimentos prévios. Logo após a colagem dos brackets, bandagem de dentes e instalação de acessórios e afins, um fio ortodôntico leve é instalado e as orientações de higiene e cuidados com o aparelho são repassadas para o paciente.

O profissional ortodontista precisa se preparar antes de começar a fazer grandes modificações dentárias. Para isso, os dentes precisam estar todos alinhados e nivelados. Nessa etapa também são feitas as correções de dentes com giros, e em alguns casos, extrações dentárias quando necessárias. Raramente se faz nessa etapa, uma movimentação significante de dentes e o uso de elásticos. Os fios são leves e finos, geralmente de uma liga de níquel-titânio, que é bem maleável e não causa muita força sobre os dentes. Essa etapa pode ser comparada a obra de fundação de uma casa, onde futuramente serão feitas movimentações mais extensas e forças maiores.

Depois que os dentes estiverem alinhados e nivelados o suficiente, fios mais pesados são instalados. Esses fios são geralmente de aço, quadrados ou retangulares, sendo bem mais grossos que os iniciais. Não seria possível o seu uso com os dentes desalinhados ou com giros. Por serem mais resistentes, não sofrem deformações com facilidade e podem resistir a forças de elásticos e outros acessórios ortodônticos. Nessa fase é onde ocorrem o fechamento de espaços, abertura de espaço para implantes, correções de desvios dentários, fechamento de mordidas abertas, etc. Pode ser a etapa mais demorada do tratamento.

Aqui, é necessário o refinamento do caso, pois os dentes já estão se aproximando das suas posições finais. É muito comum o uso de elásticos verticais para melhor encaixe dos dentes. Alguns ortodontistas podem fazer dobras nos arcos para ajustes de posições individuais, outros podem recolocar brackets para obter o mesmo efeito. É uma fase bem trabalhosa e requer paciência por parte do paciente e do ortodontista, pois a ansiedade para finalizar o tratamento e retirar o aparelho é muito grande. Mas é necessário muitos cuidados para não retirar antes da hora, e prejudicar todo o processo.

Ao final do tratamento, principalmente nos primeiros meses, os dentes estão em uma situação de adaptação e pouca estabilidade. É muito importante a instalação das contenções ortodônticas superiores (geralmente removíveis) e inferiores (geralmente fixas). Não é possível dar garantias de que os dentes vão se manter na mesma posição perpetualmente, porém as contenções aumentam a estabilidade das arcadas. Paciente com mordidas abertas, prognatismo e hábitos ruins podem necessitar de contenções diferenciadas. Essa fase marca o fim da parte ativa do tratamento ortodôntico, e a partir disso, começa uma fase de acompanhamento. O paciente deve comparecer a intervalos de 3 meses a 6 meses no consultório para acompanhar a estabilidade do caso.

Outros Tratamentos

Contamos com uma equipe clínica formada por profissionais especializados e em constante atualização em todas as áreas da odontologia. Colocamos à sua disposição a assistência que se encaixa perfeitamente às suas necessidades. Confira nossos tratamentos:

5

Cirurgias

Read More
ortodontia

Ortodontia

Read More
1

Endodontia

Read More
4

Periodontia

Read More
implante

Implantes Dentários

Read More
protese

Prótese Dentária

Read More
estetica

Odontologia Estética

Read More
2

Reabilitação Oral

Read More